FFoCCo - Formação de Formadores em Cultura e Comunicação

A Central Única dos Trabalhadores, em sua estratégia de fortalecer o projeto sindical CUTista para a disputa de hegemonia na sociedade, intensifica sua política de formação, comunicação e cultura priorizando projetos e ações nacionais que resultem em maior visibilidade à CUT e contribuam para o fortalecimento da Central. É prioridade a adoção de uma política de comunicação e cultura que resulte em maior visibilidade às lutas, campanhas, princípios, valores e propostas da Central e aos avanços e conquistas da classe trabalhadora. Ao mesmo tempo, ações que façam frente ao latifúndio midiático que ainda impera em nosso país e que além de controlar a comunicação estabelece uma cultura de massas avessa às pautas da classe trabalhadora.

 O tema da Comunicação, em especial a luta pela democratização dos meios de comunicação tem sido nos últimos anos pauta no debate e na disputa ideológica na sociedade brasileira e latino-americana. No mundo do trabalho, somos bombardeados a cada instante pelo oligopólio das grandes corporações do setor da comunicação e entretenimento, a serviço das elites dominantes nacionais ou de corporações transnacionais. Essa mídia produz factóides e manipula constantemente a informação, assim como homogeniza a cultura brasileira, atacando nossa diversidade cultural.

  O direito à Cultura é igualmente negado. Vivemos o que Paulo Freire conceituou como a Cultura do Silêncio, onde a fala livre é impedida por grandes conglomerados midiáticos financeiros. Ou como sintetiza o professor Denis Moraes sobre o cenário brasileiro no campo da comunicação, cultura e entretenimento:

 “a diversidade informativa e cultural submerge em um cenário distorcido pela concentração monopólica dos meios de difusão e pela prevalência de intentos lucrativos e conveniências políticas sobre as aspirações coletivas”

O FFOCCO, FORMAÇÃO DE FORMADORES EM CULTURA E COMUNICAÇÃO objetiva capacitar a Rede de formação da CUT nas temáticas da Comunicação e Cultura, assim como potencializar a organização e ações da rede de formadores em Comunicação da CUT a partir de uma política de comunicação nas entidades CUTistas pautada pela unidade de ação e discurso, que promovam a imagem da Central na relação com os trabalhadores e a sociedade. Potencializar a ação integrada entre a CUT Nacional, estaduais e ramos no campo da comunicação e cultura, estimulando o desenvolvimento de uma cultura de comunicação CUTista. Potencializar a produção e compartilhamento de textos, fotos, vídeos, áudios dos comunicadores da Rede de Comunicação da CUT para o Portal da CUT que integrará notícias, eventos e campanhas da CUT nacional, das estaduais e futuramente dos ramos e também das mídias sociais e outros suportes de comunicação da CUT e suas entidades. Promover trocas de experiências na área de comunicação e cultura entre as entidades cutistas e parceiros nos estados, com vistas a construir uma identidade na política de comunicação e cultura da região, para que nossas redes de comunicação, cultura e formação estabeleçam diálogo com outras redes. Consolidar os coletivos de comunicação e formação e sensibilizar as CUTs estaduais e federações para criarem coletivos de cultura. Potencializar o uso das Escolas Sindicais da CUT que já são pontos de cultura certificados pelo Ministério da Cultura.

É voltado para secretários estaduais de Comunicação dos ramos e assessores e formadores da rede de formação.

Última atualização: Wednesday, 2 Aug 2017, 11:13